Rua Luís Ferreira, n° 142 - Tatuapé 

São Paulo - SP, 03072-020

Telefone: (11) 2257-3467

(11) 95327-8158 (whatsapp)

E-mail: contato@cdhic.org

Inscreva-se para receber nossos conteúdos

© ekloos 2017    |    CDHIC  |    Todos os direitos reservados 

Tendas da Cidadania no mês das crianças

October 30, 2017

 

O mês de outubro é conhecido no Brasil por homenagear as crianças e o Tendas da Cidadania para Crianças e Adolescentes Imigrantes não poderia ficar de fora das comemorações. O projeto, que busca favorecer a integração social e cultural de crianças e adolescentes imigrantes e descendentes por meio da valorização da diversidade cultural, trouxe ao Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante – CDHIC mais essa experiência em celebrar o mês das crianças com o intuito de promover e defender os direitos das crianças e dos adolescentes.

 

Como de costume, a primeira Tenda do mês foi realizada na Praça Kantuta, onde a organização da Feira, a Associação Gastronômica Cultural e Folclórica Boliviana Padre Bento, promove todo ano atividades especiais que proporcionam um ambiente festivo e de descontração para as crianças, envolvendo a apresentação de palhaços, brinquedos infláveis e a distribuição gratuita de brinquedos. Este ano, o projeto Tendas foi convidado para participar das comemorações do dia agregando uma atividade na programação oficial do evento Niño Feliz – Criança Feliz 2017 na Feira Kantuta. Nesse sentido, o CDHIC convidou uma voluntária para fazer uma “contação de história” especial para as crianças. A convidada reuniu em torno de 50 crianças em volta do palco e contou uma história elaborada pela mesma a respeito da diversidade cultural e racial. Após a narração da história, a contadora de histórias iniciou uma dinâmica com as crianças e encerrou a atividade com uma música.

 

Além da atividade central no palco, no próprio espaço da Tenda realizamos uma exposição dos trabalhos feitos pelas crianças até então. A exposição ficou acessível ao público durante todo o dia. Não somente as crianças que frequentam as atividades, mas como alguns pais e mães também puderam ter acesso aos trabalhos realizados nas tendas passadas. As crianças que encontraram suas atividades expostas ficaram muito felizes e foi possível perceber que se sentiram realizadas com o resultado do próprio trabalho nas atividades, da mesma forma que alguns pais ficaram surpresos com os resultados.

 

Já a segunda atividade do mês precisou de uma mudança estratégica devido ao feriado. O CDHIC foi convidado pela organização do Centro Integrado do Imigrante para participar, com o Projeto Tendas, de uma programação especial que continha a comemoração do Dia das Crianças e a promoção de cuidados de saúde, como consultas odontológicas, exames médicos, higiene pessoal, etc., no dia 14 de outubro. A atividade do dia foi uma “contação de história” especial sobre o povo Mapuche, que contou com a interação das crianças. Uma história que narra a coragem e a sagacidade do povo indígena e que traz figuras folclóricas como as cobras Trén Trén e Cai Cai e os animais da região, terminou com a confecção de fantoches e esculturas de argilas das personagens feitas pelas crianças.

 

Em um mês que celebra o Dia das Crianças é mais do que a obrigação da sociedade refletir sobre os direitos garantidos por lei: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.” Art. 227 da Constituição Federal Brasileira. Porém, mais importante que lembrar de assegurar esses direitos é lembrar que não há fronteiras para defesa desses direitos e que, portanto, não devem existir crianças e adolescentes invisíveis para a sociedade.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ACOMPANHE 

AS NOTÍCIAS